29/09/2016 – A Secretaria de Segurança Pública apresentou nesta quarta-feira (28.09) o Plano Integrado de segurança para as eleições municipais neste final de semana.

Um efetivo de 4.479 profissionais das forças de Segurança Pública do Estado (Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil, Bombeiros e Politec) será designado para atuar nos 1.479 locais de votação do Estado.

Em entrevista coletiva realizada no auditório da Casa da Cidadania, no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT), o secretário Rogers Jarbas deu detalhes do plano de ações integradas que reúne também o Exército e as polícias Federal e Rodoviária Federal.

“Daremos início à operação um dia antes do pleito. Com o incremento do efetivo para esta operação e o policiamento regular, vamos conseguir atender os 141 municípios do Estado” disse o secretário.

Participaram do anúncio a presidente do TRE-MT, a desembargadora Maria Helena Póvoas e o comandante da 13º Brigada de Infantaria do Exército, Luiz Fernando Baganha, além de representantes das forças de segurança estaduais e federais.

tre eleições segurança

“Sem a ajuda da Segurança Pública do Estado, a Justiça Eleitoral estaria combalida e com dificuldades”, disse a presidente do TRE.

AÇÃO PREVENTIVA

O planejamento de Segurança para Mato Grosso terá apoio do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), Grupo Armado de Resposta Rápida (Garra), Grupo Especial de Fronteira (Gefron), Força Tática e do Batalhão de Rondas Ostensivas Tático Móvel (Rotam).

De acordo com o secretário de Segurança Pública, as atividades preventivas e de inteligência já estão em andamento e seguem até o encerramento da contagem de votos.

“Já estamos trabalhando. Com a integração das equipes de investigações da Sesp, PJC e PM, mapeamos as áreas que demandam mais atenção e já deslocamos o efetivo para garantir a segurança nesses locais”, disse o secretário.

O Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), central de monitoramento acionada em grandes eventos, vai dar suporte às atividades operacionais e renuir representantes das forças federais e estaduais.

Participaram também da coletiva, os comandantes da Polícia Militar, coronel PM Gley Alves, do Corpo de Bombeiros Militar, coronel BM Júlio César Rodrigues e os diretores gerais da Politec, Reginaldo Rossi e da Polícia Judiciária Civil, Rogério Modelli.

 

Redação cuiabahoje/Por; Dayanni Ida